Acordar cedo x produtividade

Antes mesmo da gente começar a falar sobre a manhã do dia seguinte, eu te pergunto: como foi sua última noite de sono? Conseguiu descansar?

Agora vamos ao que realmente interessa: acordar cedo realmente me tornará mais produtivo?

Lembre-se: produtividade não é estar ocupado o tempo inteiro é conseguir alcançar seus objetivos, cumprir as demandas sem se sobrecarregar e sem sacrificar momentos de descanso e lazer. 

Então, voltemos ao assunto: acordar cedo. Muitas pessoas acreditam realmente que acordar às 5h da manhã, meditar, se alongar, fazer exercícios físicos e começar o seu dia de trabalho às 8h é sinônimo de produtividade, mas acreditamos que não seja uma fórmula para todos. Isso porque o cérebro de cada pessoa funciona de uma forma. 

Sou uma pessoa matutina ou vespertina?

Sim, ser uma pessoa matutina ou vespertina vai interferir diretamente na sua produtividade. 

Então, responda com sinceridade: Você acorda com o pique total ou se arrasta para fora da cama? À noite, está com a corda toda ou quase dorme na frente da televisão, antes das 22h? 

Apesar de todos possuírem um relógio biológico, nem todos os relógios biológicos são iguais. Existem pessoas que “funcionam melhor” pela manhã (as matutinas) e aquelas que são o oposto, as “vespertinas”. Conhecer e respeitar o relógio biológico reflete no bem-estar e na produtividade individual. Mas e você, é matutina ou vespertina?

1. Pela manhã, você depende do despertador para acordar?

(  ) Sim, se eu não ligar o despertador, nem acordo – 1 ponto

(  ) Às vezes sim – 2 pontos

(  ) Não, nem um pouco – 3 pontos

2. Você acha fácil acordar pela manhã?

(  ) Não, acho muito difícil – 1 ponto.

(  ) Mais ou menos – 2 pontos.

(  ) Sim, muito fácil – 3 pontos. 

3. Você se sente alerta durante a primeira meia hora depois de acordar?

(  ) Não, preciso de muito tempo para realmente acordar – 1 ponto.

(  ) Mais ou menos – 2 pontos.

(  ) Sim, muito alerta e mega pilhado – 3 pontos. 

4. Você e seu amigo marcaram de ir malhar, mas ele só pode das 7h às 8h. Você:

(  ) Fala que não vai nem tentar porque não vai rolar mesmo – 1 ponto.

(  ) Diz que vai tentar, mas não garante estar disposto às 7h para malhar – 2 pontos. 

(  ) Acha a ideia genial: nada melhor do que acordar cedo para malhar! – 3 pontos. 

5. Você foi dormir várias horas mais tarde que o habitual para fazer uma entrega do trabalho. Se, no dia seguinte, não tivesse hora para acordar, o que aconteceria?

(  ) Acordaria bem mais tarde que o normal – 1 ponto.

(  ) Acordaria na hora normal, com sono – 2 pontos. 

(  ) Acordaria na hora normal, sem sono – 3 pontos. 

6. Se você tivesse que estar acordado para uma live das 4h às 6h, pois o seu público está em outro fuso horário e não tivesse compromisso o resto do dia, o que faria? 

(  ) Só dormiria depois de fazer a tarefa – 1 ponto. 

(  ) Dormiria no horário normal antes e depois, tiraria mais uma soneca – 2 pontos. 

(  ) Só dormiria antes de fazer a tarefa – 3 pontos. 

Some sua pontuação e descubra seu cronotipo: 

De 6 a 9 pontos – Vespertino típico. 

De 10 a 13 pontos – Misto ou intermediário.

De 14 a 18 pontos – Matutino típico.

Então, como ser produtivo de manhã se sou uma pessoa vespertina?

Essa, provavelmente é uma das perguntas mais frequentes que recebemos por aqui! Isso porque a muitas das empresas funcionam em trabalho comercial, fazendo com que o colaborador comece a trabalhar por volta das 09h. Mas como produzir bem se eu só me sinto produtivo à tarde ou início da noite? 

A nossa dica principal é: faça as tarefas e demandas que mais gosta pela manhã, de preferência as que você não precise gastar tanto o pensamento crítico ou analítico para fazer. Dessa forma, a sensação de produtividade pode vir surgindo até mesmo nos horários em que você se sinta menos disposto a trabalhar ou realizar atividades complexas. 

Ciclo Zero

Aqui no Labor nós adotamos um ciclo de ações que podem nos ajudar a visualizar qual é o momento que mais somos produtivos e que podem contribuir para a produtividade. Batizamos essas ações de “Ciclo zero”, pois identificamos que qualquer pessoa, antes mesmo de começar “receitas” para a produtividade, precisa passar por eles:

O primeiro passo é o autoconhecimento: Quando somos mais dispostos a trabalhar? Quando eu sei que estou sem produzir tão bem quanto antes? Só através do autoconhecimento vamos conseguir avançar para o próximo passo que é a avaliação das atividades. 

Mas pra quê avaliar minhas atividades? Só assim, você vai conseguir organizar o seu dia entre as atividades que mais precise de concentração ou tempo para serem realizadas. 

Após fazer essa análise e organização das atividades, concentre-se na demanda. Só assim você vai conseguir finalizá-la no período proposto e se sentir produtivo. Por fim, descanse! O descanso está diretamente ligado à produtividade, pois o nosso cérebro precisa de um tempo para repor as energias e voltar aos passos 2 e 3 do ciclo zero. 

Conclusão

Ou seja, uma fórmula criada para a gente acordar cedo e ser produtivo pode não ser a melhor para você, caso seja uma pessoa vespertina. Então analise o que funcione para você. 

Compartilhe com a gente, você é uma pessoa disposta logo cedo ou não? 

Receba novidades sobre produtividade de times.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.