Desafios do Trabalho Home Office

Ao longo dos anos algumas empresas e colaboradores enfrentam a adaptação para um trabalho remoto/home office. Essa adaptação tem tomado maior proporção com o passar dos dias. São inúmeros os desafios que precisam ser enfrentados como a barreira cultural da empresa e a dificuldade de gestão remota. 

Por isso, nós listamos alguns desafios, com soluções que podem melhorar o seu Home Office. 

Como focar diante de tantas distrações?

Já falamos aqui sobre as maiores distrações que podem estar na sua casa (netflix, geladeira e até a sua cama). Com isso, chegamos no nosso desafio que é como se concentrar. 

A primeira coisa para se lembrar é que dentro do escritório corporativo, você pode levar de 3 a 25 minutos para recuperar o foco, após uma pequena distração. Então use esse dado como um lembrete toda vez que você estiver querendo checar suas redes sociais ou conversar com alguém da família no meio de uma demanda que precisa de foco. 

Se as suas atividades estão sendo interrompidas por reuniões ou alguém em casa te chamando, fale que acha melhor alterar o horário da reunião para um outro em que você não esteja fazendo a tarefa, ou converse com a sua família que não deseja ser interrompido. O ideal é que isso ocorra antes de começar a tarefa.  

O que é vida pessoal e o que é trabalho? 

Esse é um dos maiores desafios! Isso porque estar em casa, para muitos, é sinônimo de descanso, poder resolver coisas pessoais ou até mesmo realizar os afazeres domésticos.
As vantagens de fazer várias coisas ao mesmo tempo somados aos trabalhos de casa podem ser armadilhas, principalmente quando você está procrastinando aquela demanda mais complexa. 

Um especialista em produtividade, Tim Ferriss, defende a separação entre trabalho e vida pessoal, isso porque o equilíbrio é tomado, por muitas vezes, como uma mistura entre as partes envolvidas. E manter esse equilíbrio pode fazer com que você dê aquela checada no e-mail corporativo antes de dormir, vai que alguém está precisando de algo, né? Ou até mesmo responder alguém, mesmo que não urgente, assim que acorda. 

Então, para manter essa separação fique ligado:

  1. Monte sua estação de trabalho em um lugar que, se possível, você consiga fechar a porta, colocar seu fone de ouvidos e se concentrar. 
  2. Monte uma grade de horários e sinalize a equipe sempre que estiver online e disponível para reuniões/conversas.
  3. Estabeleça limites entre o que fazer no horário de trabalho e o que não.

Não viva à base de biscoitos e sofá

Se alimentar bem, dormir e se exercitar são boas práticas que devemos ter independente do local que estamos trabalhando. 

Quem tem hábitos alimentares ruins é 66% mais propenso a apresentar queda na produtividade, esse é o resultado de um estudo feito pela Universidade de Brigham Young, já os trabalhadores que possuem dificuldade em se exercitar, apresentaram uma perda de 96% de sua produtividade durante o dia. 

Atenção! Aquele ditado de que somos o que comemos é a mais pura verdade! O nosso cérebro consome cerca de 20% de todas as calorias que comemos durante o dia. Então a dica é: separe um tempinho para organizar a sua alimentação enquanto também organiza o seu fluxo de trabalho do dia seguinte. 

Um outro ponto de atenção é sobre o que estamos bebendo. Os nossos neurônios precisam que o equilíbrio líquido esteja certo para que a nossa memória de curto prazo não sofra. Dessa forma, além de prevenir os problemas nos rins, beber água e se manter hidratado também contribui na memória. 

Sensação de Improdutividade

Interrupções são comuns, principalmente se você tem filho dentro de casa, não se sinta mal por isso. Uma boa sugestão é explicar para os membros da sua casa a sua rotina de trabalho e falar os horários em que você pode conversar e passar alguns minutos off das demandas. Marque de fazer as refeições junto com todos da casa e se mesmo assim o seu filho te chamar para brincar, estabeleça no seu fluxo uma pausa para dar atenção a ele. 

Já falamos por aqui sobre a importância de planejar o seu dia de trabalho e isso inclui as pausas também. 

Agora, se essa sensação for causada pela sua procrastinação, a Katherine L. Milkman , economista comportamental e professora na Wharton School, da University of Pennsylvania, sugere a “amarração de hábitos”. E é algo bem simples: você “amarra” algo que gosta muito com algo que você evita. Isso vale para aquelas coisas que você tem dificuldade de executar também. 

Talvez você possa ouvir a sua playlist preferida enquanto está realizando uma demanda complexa ou fazendo uma tarefa cansativa. 

Uma outra alternativa para distanciar a sensação de improdutividade é verificar as demandas realizadas durante o dia. Aqui nós usamos a nossa ferramenta de gestão de horas, o Labor

Nele, você pode registrar a tarefa realizada e o tempo desprendido para ela. Dessa forma, ao final do dia você consegue ver o que foi produzido e o tempo que levou. 

E para você, qual é o maior desafio de se trabalhar home office? 

Receba novidades sobre produtividade de times.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.