fbpx

Trabalho remoto e horários flexíveis

Atualmente, principalmente em meio à pandemia, é comum encontrarmos pessoas trabalhando de casa e muitos com horários flexíveis. Mas, isso já podia ser visto e encontrado em muitas empresas que prezam pelo trabalho remoto e que o colaborador sinta-se produtivo onde quer que ele esteja. 

Ter um horário flexível e trabalhar de qualquer lugar do mundo tem os seus benefícios, mas é importante organizar o seu tempo e planejar o dia para que toda essa autonomia não acabe virando trabalho acumulado e prazos estourados (uma verdadeira bola de neve). 

Por isso, separamos 4 pontos de atenção para quem deseja trabalhar remoto com horários flexíveis:

1. Planeje o seu dia

Vale um planner, pode ser um to do list, serve uma agenda com os horários e até mesmo um Trello. Tudo que pode te ajudar a planejar o seu dia está valendo! 

Façam uma análise do que fazer durante o dia, já mostramos aqui a Matriz de Prioridades de Eisenhower, ela vai te ajudar a definir os itens mais importantes para se fazer no dia que está programando.

Para o trabalho, além da Matriz de Prioridades de Eisenhower, também existe o Método Ivy Ledbetter. É uma metodologia bem antiga, ela foi criada em 1918! 

Esse método é bem simples e eficiente para organizar o trabalho do dia a dia e diz que no fim de cada dia de trabalho, deve-se anotar 6 tarefas mais importantes que precisam ser realizadas no dia seguinte. Ao começar o novo dia de trabalho, deve-se começar com a primeira tarefa listada, sem se distrair com as outras e somente após terminar essa tarefa, pode-se passar para a segunda e assim consecutivamente. 

Apesar de ter algumas falhas, como não levar em consideração situações inesperadas, por exemplo, essa metodologia ajuda a planejar e focar nos trabalhos que já estão previstos. 

Além do mais, programe também as atividades que fará fora do seu trabalho, como por exemplo: levar o cachorro para passear, lanchar na lanchonete da rua de cima ou até mesmo assistir o seu programa preferido. 

2. Gerencie o seu tempo e atividades

Esse vale pra você que quer ter um controle melhor do seu tempo e saber quanto é investido em determinada atividade. Uma boa ferramenta que pode te ajudar no gerenciamento do tempo é o Labor

Além de vermos quanto tempo investimos em um projeto/atividade, o valor que investimos em relação ao tempo, comparativo de atividades que mais nos demandou tempo, time ativo e como administrador, você ainda consegue ver a curva atividades x tempo de cada colaborador. Caso não opte pelo Labor, também é possível fazer planilhas com horários e atividades e até mesmo anotar em um caderno!

3. Não se distraia

A gente sabe que é tentador poder fazer o seu próprio horário, mas é essencial que você não se distraia com pouca coisa. 

Mas como assim? Lembra que comentamos sobre planejar o seu dia? Então, é exatamente para isso: não perder tempo com muitas distrações. 

Claro, podemos planejar o momento para assistir televisão, comer e até passear com os filhos ou cachorros, mas o principal é termos consciência do tempo desprendido para as outras atividades além do trabalho de casa.

4. Fique atento aos prazos e entregas

Esse é o ponto que mais devemos nos atentar: trabalhar remoto e ter um horário flexível nos faz pensar que temos todo o tempo do mundo para realizar nossas atividades, mas não é bem assim. 

Quando não nos organizamos, seguindo os passos acima, a tendência de nos perdermos nos prazos e entregas são bem maiores! 

Isso porque, assim como qualquer outra pessoa, temos 24h em um dia e precisamos separar horário para descansar, trabalhar, distrair e comer. 

Já comentamos aqui sobre como focar diante de tantas distrações de um trabalho home office, que em época de quarentena, também funciona para o trabalho remoto

E para você, como é trabalhar remoto com horários flexíveis? 

Receba novidades sobre produtividade de times.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.